quinta-feira, 31 de julho de 2014

HÁ MOMENTOS...



Arte: Augusto Rodin


Há momentos...


 Há momentos tão nossos 
 em que as palavras se calam, 
 por desnecessárias
 e deixamos falar a ternura,
 o carinho, o amor
 e então escrevemos 
 um no outro , o mais
 belo poema mudo
 nos nossos perfumados 
 corpos a golpes de paixão...

 Há momentos tão nossos 
 que os gestos calam
 as palavras e ouvimos 
 a mais bela melodia
 dois corações a bater 
 compassadamente...

 Hamilton Ramos Afonso.