terça-feira, 15 de julho de 2014

O DIA ACORDOU


Imagem - Meruzhan Khachatryan


"O DIA ACORDOU"


Acordou mais um dia de verão,
que esteve deitado a dormir no chão,
na manta de trapos feita a rigor
pela tecedeira chamada Leonor.

Correu pelas ruas da minha aldeia
com as asas abertas para abraçar,
todos as mulheres que ia encontrando,
com cestas de roupa para ir lavar.

Beijou as crianças de olhos felizes,
que brincavam na terra a fazer casinhas,
levou-as ao colo com muito cuidado
para ver os ninhos no velho telhado.

Margarida Fidalgo