quarta-feira, 13 de agosto de 2014

O JARDIM DO TEU CORPO


Arte: Talantbek Chekirov (58) 


O JARDIM DO TEU CORPO


Os dedos nus 
das minhas mãos
sulcam serenamente
a nudez do teu corpo
como um jardineiro prepara 
terna e carinhosamente
a terra dos canteiros
onde semeia os alfobres 
das plantas do jardim…

Deslizam, 
pelo teu corpo
acariciando cada centímetro de ti,
como o jardineiro rega 
carinhosamente as plantas
que mais tarde irão abrir em flor,
vermelhas e perfumadas 
como a paixão que se apossa
dos meus dedos e da tua pele.

Fazem com que a planta
do amor se abra 
em belas e coloridas pétalas
para nosso deleite
e ambos colhemos
o néctar das nossas bocas,
como as abelhas o fazem 
avidamente nas flores do jardim 
em frenéticos bailados.

Hamilton Afonso