terça-feira, 2 de setembro de 2014

SONHO-TE


Arte: talantbek-chekirov-close-encounter-18336



Sonho-te


 Rente à minha pele sinto a tua nudez
que veste a minha num abraço de aconchego
onde se aquietam em sereno sorriso
os dois corpos cansados da rotina diária...

As mãos de cada qual entrelaçadas na ternura 
do perfume que delas se solta misturas de aromas , 
os nossos mas também daqueles aromas almiscarados 
que se soltam em nuvens de volúpia dos corpos 
que se amam, em sôfrego volteio de ritmos de intenso prazer...

Acordo alagado em suor
e reparei sorrindo
que as memórias 
do que sentimos naquela tarde 
em que os nossos corpos e afectos
fizeram em nós magia, 
estão bem gravadas nos nossos corações 
e nas almas que se amam...

Hamilton Ramos Afonso