domingo, 4 de outubro de 2015

PORMENORES...




Pormenores...
 

A melhor forma
de cuidares do teu jardim,
é despender tempo
para plantares as plantas
de que gostas, 
respeitando as características de cada uma 
e atento a todos os pormenores
que façam com que as regues, 
com a frequência
que é recomendada para cada uma,
mas também cuidares de as adubares, 
podares, no tempo certo 
e mondar as ervas daninhas
que as afogam, 
roubando-lhes o essencial 
para que vivam...

Se o não fizeres
as tuas plantas definham 
e acabarão por morrer...

No Jardim dos afectos
também é assim que devemos proceder,
cuidando de dar importância aos pormenores,
por mais insignificantes que nos pareçam,
para que alimentemos, cuidemos e reforcemos 
o que com esforço conquistámos...

Quem o não fizer, 
não dando importância aos pormenores,
cuidando apenas do que lhe parece essencial,
pode estar a consciente, ou inconscientemente 
matar o afecto, seja ele o amor, ou uma amizade...

Cuidemos os nossos Jardins, 
sejam aqueles que nos dão o prazer de desfrutar 
da beleza das plantas e flores, 
sejam aqueles, quiçá mais delicados, 
os jardins dos Afectos,
atentos aos pormenores...

Dá trabalho
mas compensa... 

Hamilton Ramos Afonso