quinta-feira, 9 de março de 2017

ROSAS SEM ESPINHOS




ROSAS SEM ESPINHOS 


«No dia internacional da Mulher»


Poder-se-ão imaginar rosas sem espinhos
Quando na vida há mais espinhos do que rosas?
Poder-se-ão considerar paixões gostosas
Quando na vida ainda há mulheres sem carinhos?

Não. Tu, mulher, quaisquer que sejam teus caminhos
Haverás de encontrar, e bem dolorosas,
As vis encruzilhadas tornadas lacrimosas
Mesmo por entre aromas de belos rosmaninhos…

Com rosas sem espinhos serias tão feliz,
Ainda que se pense que delas fazem parte
Mas terias, por fim, uma vida com mais arte.

Mas tu, mulher, que entre os seres és o chamariz
Traça em teu horizonte com riscos de valor
O teu grito de sonho, liberdade e amor.

Aí sim, sem espinhos, serás a rosa bela
E neste mar da Vida a mais ágil caravela!

Frassino Machado
In JANELAS DA ALMA