domingo, 1 de novembro de 2015

PALCOS DA VIDA





PALCOS DA VIDA


Sonhei eu um dia ser actriz
De teatro e de revista,
Mas o destino não me quis
Talvez, não tivesse alma d`artista.

Ao longo da minha vida não imaginava
Num palco declamando poesia.
Não era isso que me desviava,
De tentar fazer aquilo que mais queria

Mas deixei passar os anos sem magia
Sonhos da vida foram desviados
Alguns foram realizados,
Mas dos palcos apenas vibrava com o que via,

Recebi palmas e muitas flores
Também algumas rosas com espinhos,
No meio dos palcos de tantas dores
Viajo na cultura por outros caminhos.
Não seguindo os sonhos que gostaria
Mas uma porta se abriu,
Escrevo nos palcos da poesia,
Um sonho que mais tarde se concluiu

Sempre fui uma sonhadora
Não de voos muito altos
Já me senti uma declamadora
Recitando poesia em palcos
A vida é feita de retalhos
Momentos de alguma euforia
Reformei-me dos meus trabalhos
E hoje não vivo sem a poesia.

Joana R.Rodrigues