sexta-feira, 25 de setembro de 2015

MINHA QUERIDA


Arte de Childe Hassam 


“MINHA QUERIDA”


Andava tão perdido
Em procura do amor,
Que quando dei contigo,
A timidez tive de transpor.

E na rodinha dos amores
Tanta graça que te encontrei
Que logo matei as minhas dores
E imediatamente por ti me apaixonei!

Para mim tudo o que é belo é natural
Sejam as gotinhas de orvalho num azinho
Que como tu, se transformaram em contas de cristal

Namoramos entre o fraguedo e o areal
E fiquei dentro do meu corpo com um odor de pinho
Com uma mistura única e só minha, de iodo mais o teu carinho!

Alfredo Costa Pereira