quarta-feira, 14 de outubro de 2015

SOLIDÃO




SOLIDÃO 

Solidão uma forma de viver
Um desejo inconformado 
Uma vontade de escrever
Um coração abandonado
Solidão que enlouquece
O corpo e a nossa mente
Que por fim até se esquece
Da companhia para sempre
Solidão neste quarto vazio
Apenas o conforto da almofada
No corpo um tremor de frio
No abraço o espaço e mais nada 

Paulo Gomes