quinta-feira, 1 de setembro de 2016

ABRAÇAR A VIDA





ABRAÇAR A VIDA


Abracei a vida, junto ao meu leito,
Enchi-a de beijos ao meu jeito,
Dou-me bem com a vida,
Vivemos com magia.

Abracei a vida, não a vou deixar,
Ela é minha companheira,
Gostamos de namorar,
À nossa maneira.

Dou abraços à minha amiga vida,
Ela merece, é tão querida,
Farei tudo por ela,
É uma donzela.

Não penso desistir tão cedo da vida,
Andarei com ela na corrida
Que começou há muito,
E nos mantém juntos.

Só Deus nos poderá um dia separar,
Quando a terra de nós se fartar,
Viveremos unidos no além,
Sós sem mais ninguém.

Ruy Serrano