quinta-feira, 1 de setembro de 2016

LIBERTA A SOLIDÃO





LIBERTA A SOLIDÃO


Dá-me a tua mão,
Para juntos caminhar
Deixa essa solidão
Aquela que aos poucos
Nos vai matar
Não desistas de ti,
Continua a sonhar,
Caminha de mão na mão
Num passeio à beira mar,

Não permitas que a solidão
Viaje dentro de ti
Enfrenta o teu coração,
E caminhando de mão na mão
Conta cada minuto,
Aqueles que restarão,
Porque é triste aquilo
Que se vai perdendo
Os anos nos vão esquecendo
Deixando, apenas a solidão,

Não te entregues assim
Não desistas de viver
A solidão visita-me sim
E eu quase sem me aperceber
Ela de mão dada comigo
Eu dizia eu não consigo
E ela acabava com o meu viver

Por isso hoje digo acorda amigo
Manda a solidão embora
Liberta teu coração,deixa-o sonhar
E de mão na mão, caminhando
Vamos deixa-la bem junto ao mar,
E que as ondas a levem pelo mar fora

Joana R. Rodrigues