segunda-feira, 19 de setembro de 2016

SOMOS OS FILHOS DA (IMAGI)NAÇÃO




somos os filhos da (imagi)nação


descendestes da casa que nos deu a mão
caminhamos infantes...nas bolhas da ilusão
enquanto filhos desta nação...
rimos e choramos com emoção
singramos da alma a razão
mesmo vibrando no pulsar de um coração
seja numa colina prado ou clareira
no charco enlameado ou rio cantante
poiso de um barco naufragado e seco 
curso e rumo do nosso ser estridente
fazer do silência a escola eterna da gente
hino que a alma desfolha
pela olhar de uma criança
que tudo sabe e ainda nem foi à escola
(...)

© Ana'Carvalhosa