quarta-feira, 30 de julho de 2014

LEMBRANÇAS BEM PRESENTES...


Imagem - net (autor desconhecido)


Lembranças bem presentes…


Palavras que vou dizendo
Depois de as tentar juntar
É um erro que vou cometendo
Pois não sei se te estou a amar

Sinto em mim tais arrepios
Quando as quero a ti dizer
São temas de tão frios
Do amor que me dá prazer

Lembro-me assiduamente
Daquilo que me dizes
E não o tiro da minha mente
Porque sinto que sóis felizes

Tenho saudade do teu abraço
Tenho saudades muitas de ti
Mas o tempo de tão escasso
Sabe que em ti eu não morri

No silêncio do teu sorriso
Ouço palavras amorosas
E assim perco o juízo
Nessas dicas tão jeitosas

Cubro-te com o manto da verdade
Lembro-te todo o meu sentimento
Num abraço de real saudade
Vai a verdade deste momento

Jamais te poderei esquecer
Por muito que julgues que sim
Ter-te assim foi o maior prazer
Porque te perdeste assim em mim.

Armindo Loureiro