domingo, 7 de setembro de 2014

......... EM SILÊNCIO.......




.............em silêncio.........n.43.........


há silêncios ensanguentados
que não deixam chorar em voz alta.............
para os ouvir
os encontrar...

em silêncio
e dizer-lhes
que estão a matar..............
que os procuraram
p'ra descansar
e não
p'ra ensanguentar
rasgando a paz
com "gritos"
de remorsos...................
e cansam
cansam esses "ruídos"
que lentamente
destroem o suor dos olhos
em noites de más recordações
em silêncios procurados
sem se ter 
.......................silêncio !

Carlos Lacerda