segunda-feira, 22 de setembro de 2014

MEU PEQUENO TEATRINHO


Imagem - net (autor desconhecido)

Meu Pequeno Teatrinho


Meu pequeno teatrinho de ópera
Desde pequena na noite amena
Os sons são maiores que todos os sons do mundo
Deixo que penetres a minha alma serena

Traviata, Aida, Falstaff, Barbeiro de Sevilha
Acompanharam-me toda a vida embalando-me
Num acorde, que me fez acordar para a arte...e brilha!
O teu brilho resplandece meu pequeno teatrinho...rendo-me

Ouço...Apaixono-me...
Pelo som que sai da garganta perfumada do violino
Ele está triste...o som agonizado é um prenuncio
Ouve-se um sussurro irresistível na plateia

Sotto Voce!
Voz feminina ecoa através das tuas paredes meu pequenino
Sinto-me arrebatar...a voz,essa...encontra-se com o som do violino
E juntos riem...e o meu coração salta agitado em ti meu menino
Música sublime!!!Momento perturbante...só tu meu pequeno teatrinho!

Áurea Justo