domingo, 31 de agosto de 2014

SETEMBRO DE UM ANO QUALQUER!


 Imagem - Helen Schlegel
Voyage au coeur de l'Art - Travel to the heart of the Art


SETEMBRO DE UM ANO QUALQUER!


 Setembro de um ano qualquer
 É sempre o majestoso nono mês;
 Grávido ao luar e repleto de ser,
 Que a bem parecer é mui mais que um mês!

 É o Outono a desfolhar pétalas
 Das demais flores, aos verdes campos
 Segue o rumo ocre e demais aguarelas
 Que pintam o ano em cálices que amamos!

 São as chuvas miúdas que ao ligeiro embate
 Segregam a abençoada essência, veste
 Vitral enraizada à terra a prometer
 Que será primavera um ano qualquer!

 E, somos Setembro pelo ano que quer
 Ser mui mais que um ano, é vida a ser;
 Um mundo a conhecer, o que amamos,
 Setembro de um ano qualquer!

® RÓ MAR